QUANDO PROCURAR UM OFTALMOLOGISTA ??

Na última semana tivemos uma triste notícia de que a bebê de um famoso comunicador brasileiro foi diagnosticada com retinoblastoma. Esse alerta foi extremamente importante no sentido de chamar a atenção dos pais sobre a importância do exame oftalmológico na criança.


As diretrizes e recomendações médicas das sociedades ( sociedade brasileira de oftalmologia e sociedade brasileira de oftalmologia pediátrica ) contextualizam a necessidade do exame oftalmológico de acordo com a idade da criança


Em primeiro lugar , todo recém nascido deve ser submetido ao teste do olhinho ( teste do reflexo vermelho) logo na maternidade. Esses exame é simples e não invasivo e tem como principal objetivo diagnosticar a catarata congênita e outras doenças congênitas que afetam a visão . O próprio pediatra pode repetir esse exame ao longo do primeiro ano de vida.


Nesse período os pais devem ficar atentos a alterações nos movimentos dos olhos, estrabismos e assimetrias no reflexo vermelho em fotos com flash. Uma das principais preocupações é o diagnostico do retinoblastoma que é um tumor raro, porém maligno, e que tem prognóstico reservado caso seja diagnosticada em estadios mais avançados da doença.


Logo no primeiro ano de vida a criança já pode deve ser submetida a exame oftalmológico completo. Idealmente esse exame deve ser feito com cicloplegia, em que gotas de colírio possibilitam a dilatação da pupila e permitem a aferição do grau e a visualização do fundo do olho. Anualmente o exame oftalmológico deve ser repetido. Isso permite que, caso a criança tenha necessidade do uso de óculos ou assimetria de graus entre os olhos, a prescrição seja realizada de maneira precoce estimulando o potencial visual máximo da criança. Em alguns casos de estrabismo ou de assimetria da graduação entre os olhos pode ser necessário uso de tampão, que permite estimulo adequado do olho mais afetado.


Nos últimos anos estamos observando uma mudança significativa nos hábitos escolares e de lazer das nossas crianças. Computadores, celulares, tablets passaram a fazer parte do nosso cotidiano. A pandemia do coronavírus acentuou ainda mais esse cenário. Temos também observado um aumento global da miopia que pode estar relacionada tanto a fatores ambientais quanto genéticos .


O estímulo a atividades de lazer em ambientes ao ar livre com exposição a luz natural tem se mostrados eficaz no sentido de diminuir a progressão da miopia.


Sabemos da importância da tecnologia para essa geração, e da importância da pesquisa e encontros online. Saber dosar e limitar as horas de uso de tela é um desafio. Uma sugestão que costumo dar no consultório é que o incentivo a brincadeira no quintal, fazer caminhadas, andar de bicicleta , passear com o cachorro e realizar atividade esportivas ao ar livre é talvez mais importante do que qualquer outra medida no contexto da prevenção da miopia, inclusive com benefícios na interação social e saúde mental .


Fica um alerta, então, aos pais para que logo ao nascimento já se preocupem com a saúde ocular de seus filhos e levem as crianças regularmente ao oftalmologista.



Dra Maria Flávia de Lima Ribeiro

CRM – SP 133861

RQE 41612 – Oftalmologia


Clinica Médica

Rua José Inácio, 162 Centro – Atibaia -SP

(11) 4412.8818

84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo