Retinoblastoma

Gostaria de explicar um pouco sobre esse tumor ocular que foi muito falado nesses últimos dias por causa da filha de um apresentador de TV.


O retinoblastoma é um tumor maligno que se origina na retina, sendo o câncer ocular mais comum em crianças, mas mesmo assim é muito raro e corresponde a 3% dos cânceres infantis, sendo mais comum em crianças menores de 3 anos de idade. Foi o primeiro câncer a ser descrito como doença genética.


Em 60-75 % são esporádicos, uma célula sofre mutação e passa a se multiplicar desordenadamente. Geralmente é unilateral e em crianças com mais de um ano.


Os demais são hereditários, geralmente bilateral, em crianças com menos de um ano e o diagnóstico é mais precoce que o unilateral.


As manifestações mais comuns desse tumor são: pupila branca (olho de gato) que pode ser visível a olho nu ou através de fotos com flashes ;estrabismo ;nistagmo (movimento anômalo dos olhos ) e principalmente ele pode ser assintomático !Por isso a importância da avaliação oftalmológica completa com o olhos dilatados .


Eu, como oftalmologista há mais de 20 anos, percebo grande resistência dos pais na realização do exame dilatado em seus filhos!

Por isso sugiro que sempre deixem o oftalmologista realizar o exame com o colírio pois sem dilatar várias doenças podem ser deixadas de ser diagnosticadas .


O principal exame para o diagnóstico desse tumor é o exame de fundo de olho ou mapeamento de retina. Mas antes disso o bebê já deve ter passado pelo teste do olhinho que é realizado pelo pediatra e que funciona como uma triagem.


Esse teste do olhinho deve ser realizado nas primeiras 72 horas após o nascimento e repetido 3 x ao ano nos primeiros 3 anos de vida .Qualquer anormalidade deve sempre ser encaminhado para um oftalmologista .


O diagnóstico precoce dessa forma de tumor é o melhor caminho para garantir seu tratamento adequado .


Segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmopediatria recomenda -se que bebês de 6 a 12 meses passem por um exame oftalmológico completo mesmo sem nenhum sintoma ou sinal .


O tratamento desse tumor depende de vários fatores como localização ,tamanho ,disseminação além do olho e possibilidade de preservação da visão .Laseres ,Quimioterapia ,terapia focal e intervenções cirúrgicas são os tratamentos mais comuns .

Resumindo a mais importante orientação aos pais é que entendam a importância da dilatação das pupilas para a realização de um bom exame oftalmológico .Observo que os pais ficam inseguros em dilatar as pupilas dos seus filhos mas só com esse procedimento é possível diagnosticar doenças graves com o retinoblastoma ,catarata congênita ,retinopatia da prematuridade ,descolamento de retina ,infecções intraoculares e anomalias vasculares .


Dra .Amanda Vieira Abílio

Oftalmologista

CRM -SP 94269


Clínica de Olhos Regional

Rua Cel. João Leme, 928

Bragança Paulista

Tel: (11) 4033-6003

110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo