Vamos ver o dinheiro crescer!

Olá! Meu nome é Fernanda e trabalho no mercado financeiro há mais de 20 anos. Hoje tenho escritório de investimentos da XP – InvestSmart - e algumas ideias para compartilhar.


Você sabia que além de empresas e pessoas físicas maiores de idade, adolescentes também podem abrir conta para investir e ver sua mesada e seu salário crescerem?


Quanto antes você começar a se organizar e poupar, melhor!


Desde cedo é importante pensar em investimentos, seja para realizar sonhos ou mesmo para a aposentadoria. O problema é que muitos jovens não sabem por onde começar, ou o que devem fazer para investir.


Sem dúvida, um grande diferencial para ter sucesso nos investimentos é ter conhecimento, informação. Se você se interessa pelo assunto, o primeiro passo é pesquisar, acompanhar notícias, fazer cursos, etc., para que você tenha familiaridade com o mercado de investimentos e até com alguns termos técnicos importantes e inerentes a este dia a dia. Em seguida é preciso traçar um plano que contenha diretrizes como o objetivo dos recursos investidos (por exemplo: uma viagem, a compra de um automóvel, o início de um negócio); qual o prazo para chegar a data desejada de utilização do recurso – se for o caso; e quanto deve ser destinado a ele.


Com o plano em mãos, é hora de ir à prática. É comum termos vontade de satisfazer desejos de consumo, ainda mais se está ganhando os primeiros salários. Mas é preciso ter foco e controle diante das tentações e fazer opções inteligentes: comprar à vista, por exemplo, beneficia o bolso. Podemos nos programar!


Outro detalhe importante e que fará diferença é saber não somente o quanto você ganha, mas quanto gasta e onde! Para isso, sugiro ter um orçamento mensal e identificar todos seus gastos e despesas. Você poderá se surpreender!


É também importante entender seu perfil de investidor: agressivo, moderado ou conservador. Perfis mais arrojados têm investimentos de maior risco, e os mais conservadores preferem aplicar em empresas sólidas e estáveis, preservando mais o patrimônio.


Para facilitar, sugiro começar com investimentos mais simples.

Em seguida, investir!


Destine um percentual da sua renda mensal para seus investimentos e tente ter uma recorrência mensal destes aportes, deste valor guardado e investido. O resultado virá no curto ou no longo prazo, dependendo do seu perfil e da estratégia.


A autonomia e segurança virão com o tempo.


Você ainda conta com profissionais habilitados que podem te ajudar e tirar dúvidas! São os assessores de investimentos.



Fernanda Ambrosio


Formada em Direito (USF), pós-graduada em MBA Executivo (FAAT), Gestão Financeira (FGV), Psicopedagogia (FAAT)


Sócia e gestora da InvestSmart XP em Atibaia

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo